quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Imortais...



Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Às vezes só a cinza do que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu sei te dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

5 comentários:

Patrícia disse...

Gosto muito da música, meu doce :)

És imortal dentro de mim...

Beijo*

Fa menor disse...

Hoje, um beijo
para as grandes MULHERES... que lutam com garra por justiça!
Um beijo enorme para as que sofrem os males da sociedade!

Tite disse...

Sobrinha linda,

Essa porta não se fecha nunca né?

Beijinhos

Graça Pires disse...

Gostaria então que nos encontrassemos. Que tal combinarmos com a Maria Clarinda?.
Um grande beijo.

Graça Pires disse...

Obrigada por este bonito momento com a Mafalda Veiga.
Beijos.